Vilões | #4 Carnificina – O psicopata

Vilões | #4 Carnificina - O psicopata - Gaming Lab

Bom dia, boa tarde e boa noite!

               No texto de hoje, iremos falar de um dos maiores vilões do universo do Homem-Aranha, que infelizmente não conseguiram trazer suas principais características às telonas, a análise de hoje será o Carnificina, ou também, Cletus Kasady. Como disse anteriormente, o vilão não foi muito bem representado no recente filme Venom 2: Tempo de Canificina.  Mas isso não impedirá nossa análise.

                Cletus Kassady sempre teve um certo histórico de psicopatia desde muito cedo, e em um episodio, ele estava torturando seu cachorro quando foi flagrado por sua mãe, que desesperada, iniciou uma série de ataques contra o filho. Ela iria matar o filho por excesso de espancamento, quando o pai de Cletus chega para ajudá-lo. Entretanto, dessa vez o pai se volta contra a mãe e acaba matando-a (família um tanto quanto violenta, certo?). A polícia descobre o ocorrido e quando Cletus é convidado a testemunhar em favor do pai que lhe havia salvo, ele nega o ocorrido e fala que não houve motivo para a morte de sua mãe. Seu pai fora mandado para a cadeira elétrica e Cletus se torna um órfão. A vida no orfanato não foi fácil, pois era constantemente atacado por colegas e diretores. Um dia, Cletus consegue vingança ateando fogo no local e assassinando o administrador do lugar. Com o avançar da idade, Cletus se tornou um assassino em série e com o passar do tempo acabou sendo preso. Momento no qual divide a cela com Eddie Brock (o hospedeiro de Venom). Determinado dia, Venom retorna para o corpo de Eddie, que escapa da prisão, ocorre que durante este ato, uma espécie de fragmento fica nas paredes da cela, nada mais era que um filho de Venom. Momento no qual, Cletus acaba se fundindo com o simbionte. A partir desse momento, com a fusão, a natureza psicótica de Cletus aumenta e pelo fato da cria do simbionte ter nascido na terra, não possui as mesmas fraquezas da “mãe”, como a vulnerabilidade ao som.

                O início dos ataques se deu sem nenhum sentido ou critério, que inicialmente levaram o Homem-Aranha a pensar que o autor das atrocidades era Venom. O que acabou sendo explicado posteriormente que era o Carnificina. Existem diversas histórias envolvendo o trio, mas que normalmente se encerram com a parceria de Venom e Homem-Aranha que tentaram acabar com o Carnificina. Ao contrário de Venom, que tem quase que uma identidade diferente do seu hospedeiro, Eddie Brock, que em diversas ocasiões podemos escutar “nós” no diálogo, a fusão do Carnificina e de Cletus Kassady é única, pois eles se tornam um só, “eu”. Em alguns quadrinhos e HQs, o Carnificina consegue ocupar outros corpos, como o Surfista Prateado e Doutor Octopus, sempre com algum objetivo obscuro. SPOILER ALERT. Talvez nos próximos filmes do Homem-Aranha o Carnificina se interesse por algum outro personagem, quem vocês acham que é?

Por fim, vamos às notas.

Vilões | #4 Carnificina - O psicopata - Gaming Lab
(Imagem – Gaming Lab)

Norman, Norman, Norman. Este é o preço de fazer negócios comigo. Sacrifícios têm que ser feitos. Temos que fazer cortes profundos! Ah há haha haaa! – Carnificina

Que a força esteja com você!

Hugo Jones.