Viva aos Videogames

Viva aos Videogames - Gaming Lab

Iae, galera. 6 estão de boas?

             Eu tenho um amigo de infância, que também é redator aqui na Gaming Lab, e compartilhamos o gosto pelos vídeogames. No entanto, enquanto eu gosto de jogos de luta, guerra e principalmente multiplayers, ele curte um jogo árcade com muitas missões e uma história complexa. Como cada um tem sua vida e emprego, não conseguimos nos reunir toda semana, mas sempre que conseguimos, o rolê é “bater um Fifa”.

            Videogames para mim são mais do que objetos de entreter, mas sim um dos meio de socializar, se divertir e – se usado da maneira correta – é uma forma de aprender outro idioma, treinar a coordenação motora, o raciocínio lógico e tomada de decisões rápidas. Assim como tudo na vida, deve ser usado com temperança, pois não pode se gastar 5 horas por dia segurando o joystick, trocando o emprego ou o estudo por isso.

            Vocês concordam com isso? Conte a melhor história de vocês envolvendo games.