Xbox | Uma história de reinvenção e inovação

Xbox | Uma história de reinvenção e inovação - Gaming Lab

Hoje a marca Xbox está completando 20 anos e nada melhor do que fazermos uma viagem por toda sua história.

No ano de 2001, era lançado no mercado o primeiro console da Microsoft, o Xbox. Existem duas coisas que são indissociáveis da origem do Xbox e de toda sua história como um todo: DirectX e Halo.

A ideia da criação do Xbox surgiu ainda em 1995. Naquela época, a Microsoft havia criado uma ferramenta para ajudar a criar jogos para Windows, chamada DirectX. Em 1998, uma equipe de desenvolvimento da Microsoft composta por Kevin Bachus, Seamus Blackley e Ted Hase e o líder do DirectX Otto Berkes desenvolveram em conjunto um protótipo de videogame. Inicialmente, o console iria se chamar API DirectX Box. No entanto, o nome foi encurtado para Xbox pela equipe de marketing(Sábia decisão, convenhamos!).

Xbox - Bojogá
Seamus Blackley, Kevin Bachus, Otto Berkes e Ted Hase

O protótipo do Xbox foi mostrado a Ed Fries, chefe do departamento de jogos da Microsoft. Em seguida, Ed Fires apresentou a ideia ao CEO da Microsoft, Bill Gates, que adorou a ideia e deu sinal verde para o lançamento do Xbox. No ano de 2000, durante a CES, Bill Gates, ao lado do ator Dwayne Johnson, o The Rock, apresentou o mais novo lançamento da Microsoft, o tão aguardado console de videogame Xbox. O novo videogame prometia ter o melhor hardware da época e poderia ser usado como complemento do computador. O primeiro Xbox foi lançado na América do Norte em 15 de novembro de 2001.

Xbox e The Rock juntos novamente em ação social comovente| LiveHere
(Imagem/Dwayne Johnson e Bill Gates – CES 2001)

Seu objetivo original era competir com o PlayStation (disponível desde 1995) e o PlayStation 2 da Sony (lançado em 2000), além de competir com a Nintendo e a Sega, esta última ainda ocupando grande parte do mercado. O Xbox era o console de videogame mais poderoso do mercado na época, com 64 MB de RAM e 10 GB de espaço de armazenamento interno, e trazia ótimos jogos, como, Halo, Forza Motorsport, Fable, Half-Life e entre outros.

Foi descoberto um Easter Egg na Xbox original depois de 20 anos
(Imagem/Xbox original – Microsoft)

Porém, o carro chefe do Xbox era Halo, um jogo espacial de tiro em primeira pessoa. O jogo foi um sucesso tão grande que chegou a ser comparado aos grandes jogos da década de 90, ganhando vários prêmios de Melhor Jogo do Ano e até hoje sendo um dos jogos mais bem avaliados da história. Literalmente, as pessoas compravam Xbox para jogar Halo. Uma curiosidade engraçada é que o jogo foi apresentado por Steve Jobs durante a MacWorld de 1999 como um jogo exclusivo do Mac. Porém, a Bungie, desenvolvedora do jogo, foi comprada pela Microsoft em 2000, e assim o jogo foi lançado exclusivamente para Xbox no dia 15 de novembro de 2001, sendo lançado junto com o console.

Outro grande diferencial do Xbox era que todos os jogos multiplataformas rodavam muito melhores nele do que no console concorrente, o PlayStation(Isso meio que se mantém até hoje).

O sucesso do Xbox foi tão grande que a rede Xbox Live foi criada em 2002 e era considerada a rede de console de jogos online mais avançada da época e que, posteriormente, se mostraria de suma importância para a história da marca. Durante seu tempo de vida, foram vendidas mais de 24 milhões de unidades do Xbox pelo mundo. Isso fez com que ele fosse o segundo console mais vendido daquela geração, perdendo apenas para o PlayStation 2 da Sony, que vendeu mais de 155 milhões de aparelhos. 

Xbox 360: o auge

Em 12 de maio de 2005, era anunciado o sucessor do Xbox, o Xbox 360, que seria lançado em novembro do mesmo ano. Juntamente com o lançamento do Xbox 360, a Microsoft implantou melhorias na Xbox Live, o que fez com que a rede se tornasse o lugar mais confiável e seguro para se jogar online. Inicialmente, o Xbox 360 alcançou o número de 77 milhões de aparelhos vendidos. Isso fez com que o Xbox superasse o PlayStatios 3, mas ficaria atrás do Nintendo Wii.

Console Xbox 360 Elite 250 GB com Kinect Microsoft com o Melhor Preço é no  Zoom
(Imagem/Xbox 360 – Microsoft)

Para competir com o sistema de controle de movimento Nintendo Wii, a Microsoft lançou o Kinect em novembro de 2010. O Kinect funciona capturando os movimentos do corpo do jogador sem usar um joystick. O volume de vendas nos primeiros dois meses ultrapassou 8 milhões de unidades e o volume total de vendas foi de 24 milhões de unidades. Graças ao Kinect, o jogo Kinect Adventures vendeu cerca de 18 milhões de cópias, tornando-se um dos jogos mais vendidos da história do console. Juntamente com o Xbox 360, novos jogos exclusivos foram lançados, como Gears of War, Forza Horizon, Alan Wake e Halo 3(Esse considerado por muitos até hoje como o ápice da franquia) e Halo 4.

Apesar de todo o sucesso, nem tudo são flores. O Xbox 360 ficou muito marcado pelas famosas 3 luzes vermelhas da morte, ocasionadas por falhas na placa-mãe do console. Sempre que as três luzes apareciam, o videogame ficava completamente inutilizado. Na tentativa de reparar o erro, a Microsoft lançou em 2010 uma versão slim do console, com mais poder de refrigeração e mudanças na arquitetura da soldagem da placa, o que resolveu o problema.

Xbox One: a maldição do terceiro console

Muitas pessoas podem ter ouvido falar Maldição do Terceiro Console, que já foi uma piada, mas depois de um tempo começou a fazer sentido. Essa “maldição” conta com uma impossibilidade de se manter na liderança do mercado por três gerações seguidas. A Nintendo lançou o Nintendo 8 Bits, o Super Nintendo e teve uma queda com o Nintendo 64, o terceiro console. A Sony lançou o PlayStation 1 e o PlayStation 2 e com o PlayStation 3 teve um desempenho bem pior que seus antecessores. E com o Xbox, não foi diferente.

Xbox One: Jogos, serviços, acessórios e mais
(Imagem/Xbox One – Microsoft)

Anunciado em 21 de maio de 2013 e lançado em novembro do mesmo ano, o Xbox One teve um início de geração extremamente conturbado. Rodeado por várias polêmicas, como a impossibilidade do console ser utilizado offline, não ser possível jogar jogos usados e a compra obrigatória do Kinect. Tudo isso complementado com sua premissa arriscada de ser um dispositivo all-in-one(Por isso o nome Xbox One), apresentação desastrosa e uma série de decisões ruins tomadas pelo Don Mattrick, chefe da divisão Xbox na época, fez com que o Xbox One ficasse muito atrás de seu concorrente, o PlayStation 4.

O console até possuía jogos exclusivos interessantes durante seu início de vida, como Forza Motorsport 5, Sunset Overdrive, Dead Rising 3 e Ryse: Son of Rome. Mais posteriormente seria lançado a continuação de Halo 4, o Halo 5: Guardians, que infelizmente não agradou a maioria dos fãs. Com o tempo. a falta de exclusivos de peso foi ficando evidente devido a falta de estúdios first-party da plataforma. Na metade de 2014, Phil Spencer assume o cargo de chefe da divisão Xbox, e essa foi uma das melhores decisões da Microsoft nos últimos anos.

Pouco depois do Phil Spencer assumir a divisão, foram lançados modelos melhorados do Xbox One, o Xbox One S e Xbox One X. Curiosamente, o nome dos consoles representaria a política que a Microsoft adotaria na próxima geração, com o Xbox Series S e Xbox Series X, representando um modelo mais modesto e outro mais potente, respetivamente. Phil Spencer idealizou o Game Pass, iniciando o processo de ‘Netflixzação” dos games. Um serviço de assinatura onde todos os jogos exclusivos seriam lançados day-one no serviço, sem custo adicional. Uma proposta inicialmente arriscada, mas que hoje em dia já se mostra um grande acerto. Por fim, estipula-se que o Xbox One vendeu mais de 50 milhões de unidades, ficando bem atrás de seus concorrentes, PlayStation 4 e Nintendo Switch.

Phil Spencer diz que novo Xbox Scarlett não perderá em preço e poder | Voxel
(Phil Spencer –  Chefe da divisão Xbox e Vice-Presidente da divisão de jogos da Microsoft)

Xbox Series X/S: o futuro no presente

Uma das maiores surpresas na nova geração de consoles da Microsoft é que o Xbox Series X veio acompanhado de uma segunda opção, o Xbox Series S. O console é capaz de rodar exatamente os mesmos jogos, porém em configurações moderadas. Ambos foram lançados no dia 10 de novembro de 2020, e já receberam grandes jogos durante seu primeiro ano de vida, como Gears Tatics, Microsoft Flight Simulator, Forza Horizon 5 e Psychonauts 2. Nessa geração, a Microsoft está botando em prática tudo que começou a preparar durante o final de geração do Xbox One.

O Xbox Series X é o console mais potente da nova geração, com chip gráfico capaz de executar 12 teraflops (trilhões de operações por segundo).

Preços do Xbox Series X e Xbox Series S começam a ser liberados na América  Latina - Windows Club
(Xbox Series X e Xbox Series S)

O Game Pass mais do que nunca, é a grande aposta da divisão e já conta com aproximadamente 30 milhões de assinantes. Esse ano, aconteceu o lançamento mundial do xCloud, o serviço de jogos por streaming da Microsoft, sendo possível jogar os jogos de Xbox em dispositivos móveis, como celulares e tablets. Nada disso seria possível se o Xbox ainda fosse “apenas” um console hoje em dia.

O Xbox se tornou um ecossistema, que engloba praticamente todos os tipos de dispositivos e isso começou lá em 2017, quando a Microsoft começou à lançar todos os seus jogos no PC. Hoje(15), a Microsoft realizará uma transmissão comemorativa dos 20 anos do Xbox, às 15h no horário de Brasília, que poderá ser acompanhada no canal oficial do Xbox no YouTube, Twitch e Facebook com legendas disponíveis em português. 

Eai, o que você espera pra esse evento? E para os próximos anos do Xbox? Com certeza, esse é só o início de anos de glória que a Microsoft vem preparando desde 2016, no mínimo.

Sites utilizados como base para esta matéria: Central Xbox e TecnoBlog